NOTÍCIA

 

Congresso Nacional de Meio Ambiente terá Niède Guidon em sua Palestra Master

Um dos mais importantes eventos ambientais do Brasil também prorrogará o prazo para receber trabalhos científicos.

A equipe realizadora do Congresso Nacional de Meio Ambiente, em sua 17ª. edição, tem a honra de confirmara presença de NièdeGuidon em sua programação. A arqueóloga é defensora da Serra da Capivara no Piauí foi quem descobriu, na década de 1970, as pinturas rupestres mais importantes dos primeiros seres humanos a habitarem o Brasil e uma das maiores coleções desse tipo de arte no mundo. Niéde havia sido convidada em outras edições do Congresso, mas por conta da distância e fragilidade de saúde, nunca pôde estar pessoalmente. Dessa vez, o Congresso acontecendo de forma 100% virtual propiciou que a ilustre arqueóloga pudesse participar.
As inscrições do Congresso - que abrangem além das palestras, mesas redondas e apresentações de trabalhos científicos-estão abertas desde o dia 08 de junho e iniciou o segundo período de inscrição.
Segundo a comissão organizadora e técnica do Congresso, também haverá a prorrogação das submissões dos trabalhos, que inicialmente se encerraria dia no próximo dia 12, e agora se estenderá por mais 15 dias. A decisão foi tomada pela grande quantidade de trabalhos e estudantes que tiveram seus prazos danificados por conta da pandemia do Covid19.
O Congresso este ano terá a temática Participação Social, Ética e Sustentabilidade. A edição acontecerá em formato on-line e em dois dias: 23 e 24 de setembro.
Sobre NiédeGuidon
Formou-se em história natural na Universidade de São Paulo em 1959. Só foi estudar arqueologia em 1975, durante o doutorado na Sorbonne, em Paris, depois de “descobrir” as maravilhosas pinturas rupestres daquela terra seca do sul piauiense. Hoje, o parque soma 135 mil hectares nos municípios de Canto do Buriti, Coronel José Dias, São João do Piauí e São Raimundo Nonato, e concentra 1.354 sítios arqueológicos catalogados, sendo 183 preparados para a visitação turística. É a maior concentração de vestígios ancestrais do mundo, o que fez com que o parque fosse reconhecido como patrimônio cultural mundial da humanidade pela Unesco em 1991.A arqueóloga NièdeGuidon é defensora ferrenha da Serra da Capivara, no Piauí.
As inscrições estão abertas on-line no site www.meioambientepocos.com.brO Congresso é uma realização da GSC Eventos Especiais com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais - Campus Muzambinho e apoio institucional deUniversidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e Universidade do Vale do Rio Verde (UninCor). Para mais informações, entre em contato pelo telefone (35) 3697-1551 ou falecom@gsceventos.com.br.

 

 

Niède Guidon, arqueóloga brasileira, convidada reconhecida internacionalmente faz palestra o 17º. CNMAPC.